Ofertaram um consignado para você e era golpe?

O canal Me Ajuda Facility chegou para ajudar você que foi vítima de algum golpe de consignado e para conscientizar sobre as fraudes que estão sendo aplicados no mercado

COMO?
icon

Assessoria Jurídica

Uma equipe jurídica especializada em crédito consignado preparada para analisar seu caso e orientar você a resolver este problema.

CADASTRE-SE NO FORMULÁRIO
ABAIXO E RECEBA ORIENTAÇÃO

icon-yt

Conteúdo Informativo

Para que você não caia em nenhum golpe, toda semana novos conteúdos serão publicados nas nossas redes sociais sobre as fraudes que estão sendo aplicadas no mercado

SIGA A FACILITY NAS REDES SOCIAIS

ME AJUDA FACILITY

Informe seus dados e nos conte o que aconteceu. Nossa Equipe Jurídica analisará seu caso e entrará em contato com você.



VEJA ALGUNS CASOS DE GOLPES QUE
AJUDAMOS NOSSOS CLIENTES A RESOLVER

A Cristiane nos contou que uma promotora ofereceu uma proposta de redução de juros de uma parcela vigente, que seria feito da seguinte forma: Seria feito um novo consignado com sua margem residual, para quitar a parcela antiga e assim ela ficaria uma taxa de juros menor, e para que essa operação fosse feita, esse consignado novo deveria ser depositado na conta da promotora, pois eles que fariam o processo de quitar o consignado antigo.

Por que isso é não é o certo?

As promotoras, financeira e/ou correspondentes bancários atuam apenas como intermediadores entre o cliente e o banco, ou seja, essas empresas não podem ter acesso, nem solicitar valores e/ou pagamentos.

Podem apenas auxiliar os clientes na obtenção do crédito e informar como solicitar os boletos de quitação e/ou amortização de contrato.

O cliente precisa estar ciente que qualquer pagamento, quitação ou amortização precisa ser feito diretamente ao banco, nunca para promotoras.

Qualquer solicitação de depósito na conta de qualquer pessoa ou empresa que não seja o banco “dono” do empréstimo, desconfie.

Se você passou por situação parecida, onde depositou o valor para a promotora e não teve seu contrato concluído, entre em contato conosco, pois temos uma assessoria preparada para te auxiliar a como resolver esse tipo de situação.

 

O nome do cliente foi alterado para proteção do mesmo.

Pedro aceitou uma proposta para reduzir a taxa de seu consignado de 2% para 0,4%, porém para conseguir essa taxa, ele precisou fazer um contrato NOVO para fazer a quitação do consignado atual e depois esse contrato seria portado para outra instituição financeira que reduzira para 0,4%.

Ele fez uma nova parcela, quitou o consignado antigo, e ficou com a operação nova nas mesmas condições do contrato anterior, pois na etapa de fazer a portabilidade a Promotora que fez a proposta desapareceu.

Por que a Promotora desapareceu?

A promotora desapareceu por que essa taxa não existe, ela nunca conseguiria entregar para você. A promotora agiu de má-fé oferecendo a operação com um único objetivo de ganhar a comissão em cima desse contrato novo.

Se você recebeu uma proposta e está desconfiado que a taxa de juros não existe, entre em contato conosco que vamos te auxiliar, pois trabalhamos com todos os bancos de consignado e sabemos quais são as taxas de juros existentes.

 

O nome do cliente foi alterado para proteção do mesmo.

Adilson recebeu uma proposta para reduzir a valor da parcela de seu consignado. Para isso a promotora fez um novo consignado, que liberou 40 mil reais. Sendo 20 mil para quitar a dívida anterior e reduzir o valor da parcela mais 20 mil para uso pessoal do cliente

Porém a promotora disse que faria o processo de quitar a dívida antiga e pediu para Adilson transferir os 20 mil para eles. Depois de Adilson fazer a transferência, imediatamente a promotora entrou em contato por telefone e informou que não recebeu o valor, pedindo para ele refazer.

Sem conferir, Adilson refez o Pix, e acabou enviando para a promotora o total de 40 mil reais e em seguida a empresa desapareceu deixando o cliente com prejuízo de 40 mil e sem efetuar nenhuma das operações prometidas. 

As promotoras, financeira e/ou correspondentes bancários atuam apenas como intermediadores entre o cliente e o banco, ou seja, essas empresas não podem ter acesso, nem solicitar valores e/ou pagamentos.

Podem apenas auxiliar os clientes na obtenção do crédito e informar como solicitar os boletos de quitação e/ou amortização de contrato.

O cliente precisa estar ciente que qualquer pagamento, quitação ou amortização precisa ser feito diretamente ao banco, nunca para promotoras.

Qualquer solicitação de depósito na conta de qualquer pessoa ou empresa que não seja o banco “dono” do empréstimo, desconfie.

Se você passou por situação parecida, onde depositou o valor para a promotora e não teve seu contrato concluído, entre em contato conosco, pois temos uma assessoria preparada para te auxiliar a como resolver esse tipo de situação.

 

O nome do cliente foi alterado para proteção do mesmo.

João procurou seu correspondente bancário para contratar um consignado, e para chegar nas condições que João precisava, o correspondente informou que seria necessário fazer uma operação não remunerada para a empresa, e como compensação, pediu que Joao depositasse em sua conta uma parte do valor do consignado contratado

Por que isso é errado?

Os correspondentes ou intermediadores bancários são proibidos por LEI de receber qualquer valor diretamente do cliente, uma vez que toda a sua remuneração vem do contrato com o banco, ou seja, é o Banco quem paga o Correspondente, nunca o cliente.

Caso não ocorra remuneração por causa do tipo de operação, isso significa que EM LEI está determinada que essa operação não é comissionada, e isso é uma relação do correspondente com o Banco. Não podendo ser cobrado do cliente valores para obter o crédito.

 

O nome do cliente foi alterado para proteção do mesmo.

Conecte-se com o maior grupo de crédito consignado de Santa Catarina!

Dicas de gestão financeira, novidades, atualizações do setor e o dia-a-dia dos facilitadores que atendem você.